/
/
VAMOS CAMINHAR JUNTOS NESTA JORNADA DE PAZ E TOLERÂNCIA RELIGIOSA.

VAMOS CAMINHAR JUNTOS NESTA JORNADA DE PAZ E TOLERÂNCIA RELIGIOSA.

Compartilhar :

A liberdade de crença é um dos direitos fundamentais de todo indivíduo, é por meio dela que buscamos respostas, encontramos acolhida e conforto, guiando nossas vidas com algum propósito e construindo assim uma sociedade justa e pacífica, é importante que todos os indivíduos possam exercer essa liberdade sem medo de perseguição ou discriminação. A intolerância religiosa é um problema grave que tem crescido nos últimos anos e afeta milhares de pessoas pelo mundo, trazendo efeitos negativos e irreparáveis em toda a humanidade, mesmo que não esteja fisicamente próximo, as consequências chegam em todos os lugares, visto que os conflitos são violentos, guerras, terrorismo e extremismo, estes também geram exclusão social, marginalização dos grupos, mortes, violência física, psicológica, fome, entre outros. É importante deixarmos claro que todas as religiões têm o mesmo valor e merecem o mesmo respeito, pois cada uma carrega em si sua riqueza cultural, que deve ser valorizada e celebrada, onde todas as pessoas no mundo inteiro merecem respeito e dignidade, independentemente de sua religião ou crença.

A igreja tem papel importante na promoção da liberdade de crença, paz e amor, pois ensina que todas as pessoas são filhas e filhos de Deus e que devemos amar e respeitar uns aos outros, independentemente de nossas diferenças, ela também é um espaço seguro de diálogo, sendo uma das principais formas de cooperação, compreensão e tolerância entre as religiões. Quando as pessoas de diferentes religiões se reúnem para discutir suas crenças e tradições, elas podem aprender muito umas com as outras e encontrar pontos em comum. Isso pode ajudar a reduzir o medo e a desconfiança entre as religiões e a construir pontes de entendimento. O Papa Francisco tem sido um defensor incansável contra a intolerância religiosa e a favor da paz e da justiça social, chamando a atenção para as injustiças que afetam os mais pobres e vulneráveis em nossa sociedade e tem pedido a todos que trabalhem juntos para construir um mundo mais justo e pacífico, também tem enfatizado a importância do diálogo inter-religioso e da cooperação entre as diferentes religiões. Também tem trazido em suas falas, o alerta contra o ressurgimento de atitudes como o racismo, que podem levar a comportamentos e políticas intolerantes e discriminatórias. Em um discurso, ele refletiu sobre como, em nosso mundo globalizado, parece haver um aumento de sentimentos de suspeita, medo, desprezo e até ódio em relação a indivíduos ou grupos julgados por sua identidade étnica, nacional ou religiosa, também pediu aos líderes políticos que não explorassem o medo, pediu que a mídia desempenhasse o papel na promoção do pensamento crítico e raciocínio ético, além de incentivar a construção de entendimento mútuo, promovendo o diálogo e inspirar ações construtivas dentro dos governos, identificando e abordando possíveis áreas de tensão entre membros de diferentes comunidades religiosas.

Em vez de nos concentrarmos nas diferenças entre as religiões, devemos nos concentrar no que nos une, visto que todas as religiões ensinam valores como amor, compaixão, justiça e paz, e é quando nos concentramos nessas semelhanças, que podemos encontrar maneiras de trabalhar juntos para criar um mundo melhor. Em um mundo cada vez mais diversificado e interconectado, a paz e a tolerância religiosa são mais importantes do que nunca, e cada um de nós tem o seu papel a desempenhar na promoção da harmonia e do respeito mútuo, independente da nossa fé ou crença, onde todas as religiões possuem os pilares do amor, compaixão e respeito pela dignidade humana. Portanto, vamos celebrar nossas diferenças, não como divisões, mas como uma rica tapeçaria de ideias e experiências que podem enriquecer a todos nós, vamos nos esforçar para aprender uns com os outros, para entender melhor as crenças e tradições uns dos outros. Juntos, podemos construir um mundo de paz, onde a liberdade de crença é respeitada e onde cada pessoa é valorizada por sua humanidade comum, não por sua afiliação religiosa.

 

A paz começa conosco, com cada passo que damos em direção à compreensão e ao respeito mútuos.

 

 

Para ficar por dentro das últimas notícias, eventos e atualizações da nossa catedral, siga-nos em nossas redes sociais. Vamos crescer juntos em fé e comunidade.

  • Fone: (49)35221294 
  • Facebook: Catedral de Joaçaba 
  • Instagram: @catedraldejoaçaba |
  • Site: https://catedraldejoacaba.org.br/
  • Email: [email protected]

Esperamos vê-los online!

Campanha
Reforma da Catedral