/
História da Catedral

História da Catedral

Fonte: diocesedejoacaba.org.b

Quando em 02 de janeiro de 1930, Dom Daniel Hostin, OFM., então Bispo Diocesano de Lages, erigiu a Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus, desmembrando-a dos territórios paroquiais de Palmas e Campos Novos, desejava que a nova paróquia alimentasse a espiritualidade dos fiéis católicos desta porção do povo de Deus. A ela concedeu todos os direitos de uma paróquia e solicitou que então fosse estabelecido um templo repleto de dignidade.

Em 18 de Novembro de 1946 teve oficialmente início a edificação do novo templo que abrigaria a Igreja Matriz de Santa Teresinha do Menino Jesus, e a partir de 1º de Maio de 1951 todas as funções religiosas, sacramentos e demais celebrações passaram a ser celebradas na nova Igreja, tornando-a efetivamente Casa de Deus e lugar de oração, mesmo que ainda não completamente finalizada.

O desejo do povo fiel do distrito de Cruzeiro do Sul, mais tarde município de Joaçaba, de ver brilhar a glória do Templo de Deus, não se limitou apenas à beleza da edificação, capitaneada pelo célebre Frei Edgar Loers, OFM., mas foi ornada pela Igreja de Cristo com a modificação da Igreja Matriz em Catedral Diocesana da Diocese de Joaçaba, criada por mercê de Deus e o mandato do Santo Padre Papa Paulo VI, em 12 de junho de 1975, sempre manifestando-se o impulso inicial do bem espiritual dos fiéis desta porção do povo santo de Deus.

No coração do povo de Joaçaba e das cidades circunvizinhas entranha-se um amor profundo e uma sincera devoção à sua padroeira, Santa Teresinha do Menino Jesus, tornando o templo, já desde tempos remotos, lugar de constante oração, de aprofundamento da fé e de recepção dos sacramentos, especialmente do Sacramento da Reconciliação e da Santíssima Eucaristia.

A este histórico sublime da Igreja Matriz da Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus alia-se o fato de que, pela graça divina, aqui viveu, rezou e celebrou o Servo de Deus, Frei Bruno Linden, OFM. Desde sua morte, acontecida em 25 de fevereiro de 1960, acorrem ao seu túmulo, partindo desta Igreja Catedral, um número crescente de fiéis, buscando sua intercessão e auxílio, tendo-o já como um grande santo.

Compartilhar :

Campanha
Reforma da Catedral