/
/
O MUNDO SERIA UM LUGAR MELHOR SE O NATAL NÃO FOSSE UM DIA, SE AS MÃES FOSSEM MARIA E OS PAIS FOSSE JOSÉ

O MUNDO SERIA UM LUGAR MELHOR SE O NATAL NÃO FOSSE UM DIA, SE AS MÃES FOSSEM MARIA E OS PAIS FOSSE JOSÉ

Compartilhar :

O Natal é a festa que celebra o nascimento de Jesus Cristo, o Filho de Deus feito homem, que veio ao mundo para nos salvar, é uma festa de alegria, de paz, de amor, de esperança, é uma festa que nos lembra do verdadeiro sentido da vida, que é a comunhão com Deus e com os irmãos. Mas, infelizmente, muitas vezes o Natal se torna apenas um dia, um dia de consumo, de presentes, de comidas, de bebidas, de festas, um dia que se esquece do aniversariante, que se esquece do seu amor, da sua mensagem, da sua missão. Um dia que se perde no meio de tantos outros dias, sem deixar marcas, sem fazer diferença. O mundo seria um lugar melhor se o Natal não fosse apenas um dia, mas um estilo de vida, uma atitude permanente, uma escolha consciente, se vivêssemos o Natal todos os dias, se celebrássemos o nascimento de Jesus em nossos corações, em nossas famílias, em nossas comunidades, em nossas sociedades, se fôssemos testemunhas do seu amor, da sua luz, da sua graça.

O mundo seria um lugar melhor se as mães fossem Maria e os pais fossem José. Maria e José foram os pais de Jesus, os pais que Deus escolheu para cuidar do seu Filho amado, eles foram exemplos de fé, de obediência, de humildade, de serviço, de santidade, de amor, de carinho, de proteção, de educação e de formação. O mundo seria um lugar melhor se as mães fossem como Maria, que disse sim a Deus, que acolheu Jesus em seu ventre, que o deu à luz em uma manjedoura, que o amamentou, que o embalou, que o acompanhou, que o ofereceu, que o sofreu, que o glorificou. Se as mães fossem como Maria, que foi mãe e discípula, que foi serva e rainha, que foi mulher e virgem.

O mundo seria um lugar melhor se os pais fossem como José, que aceitou Maria, que adotou Jesus, que o registrou, que o circuncidou, que o nomeou, que o trabalhou, que o ensinou, que o defendeu, que o amou. Se os pais fossem como José, que foi pai e esposo, que foi justo e santo, que foi carpinteiro e guardião. O mundo seria um lugar melhor se as mães fossem Maria e os pais fossem José, se as famílias fossem como a Sagrada Família, onde Jesus cresceu em sabedoria, em estatura e em graça, diante de Deus e dos homens. Se as famílias fossem como a Sagrada Família, onde reinava o amor, a harmonia, a fidelidade, a oração, a simplicidade.

O mundo seria um lugar melhor se o Natal não fosse um dia, se as mães fossem Maria e os pais fossem José. Mas isso não é uma utopia, é uma possibilidade, é uma proposta, é um convite, que Deus, a Igreja e que o Evangelho nos faz, é um convite que podemos aceitar, que podemos realizar, que podemos viver. Depende de nós, da nossa resposta, da nossa ação, nossa fé, nossa esperança, de nosso amo, de nossa graça, de nossa coragem, e de nossa santidade. Que estejamos sempre prontos a nos inspirar na Sagrada Família, imitando Maria, José, acolhendo Jesus em nossas vidas, fazendo do Natal não um dia, mas um caminho que leva à Páscoa, à ressurreição e à vida eterna.

Que possamos fazer do mundo um lugar melhor, um lugar onde Deus seja tudo em todos. Amém.

 

Para ficar por dentro das últimas notícias, eventos e atualizações da nossa catedral, siga-nos em nossas redes sociais. Vamos crescer juntos em fé e comunidade.

  • Fone: (49)35221294 
  • Facebook: Catedral de Joaçaba 
  • Instagram: @catedraldejoaçaba |
  • Site: https://catedraldejoacaba.org.br/
  • Email: [email protected]

Esperamos vê-los online!

Campanha
Reforma da Catedral