/
/
“PÃO E VINHO SÍMBOLOS DE AMOR E COMUNHÃO”

“PÃO E VINHO SÍMBOLOS DE AMOR E COMUNHÃO”

Compartilhar :

O Corpus Christi, celebrado pela Igreja Católica, é um dia especial em que os fiéis refletem sobre a presença real de Jesus Cristo na Eucaristia. Nesse sacramento, o pão e o vinho se tornam, de forma simbólica, o corpo e o sangue de Cristo. A Eucaristia é o sacramento central da fé cristã, instituído por Jesus durante a Última Ceia. Naquele momento, Ele partiu o pão e compartilhou o vinho com seus discípulos, dizendo: “Tomai e comei, isto é o meu corpo. Tomai e bebei, isto é o meu sangue.” O pão e o vinho consagrados na Missa representam o corpo e o sangue de Cristo, e a celebração da Eucaristia é uma reafirmação desse mistério. O pão é um símbolo de alimento e comunhão. Assim como o pão nutre nosso corpo, a Eucaristia nutre nossa alma. Ele representa a presença viva de Cristo entre nós. Quando comemos o pão consagrado, estamos unidos a Cristo e aos nossos irmãos na fé. É um ato de comunhão e partilha. O vinho simboliza o sangue de Cristo, derramado por nós na cruz. Ele representa o sacrifício e a redenção. Assim como o vinho é fermentado e transformado, o sangue de Cristo nos purifica e nos transforma. Beber do cálice é um ato de aliança e renovação. O Papa Francisco frequentemente enfatiza a importância da Eucaristia em nossa vida espiritual. Ele nos lembra que, ao receber o pão e o vinho consagrados, estamos recebendo o próprio Cristo. É um momento de intimidade com Deus e de comunhão com a Igreja.

Neste Corpus Christi, convidamos todos os católicos a refletirem sobre o significado profundo desses símbolos. Que o pão e o vinho nos recordem do amor de Cristo e nos inspirem a viver em comunhão e solidariedade com nossos irmãos.

Curiosidade: a oração eucarística é um momento marcante da Santa Missa, quando o sacerdote repete as palavras de Jesus na Última Ceia e é feita a consagração do pão e do vinho. Como forma de demonstrar humildade e respeito, a assembleia ajoelha-se um pouco antes deste momento, na chamada epiclese sobre as oblatas, quando o padre faz o pedido do envio do Espírito sobre as espécies. Mas quando deve-se levantar e voltar a ficar em pé? Em geral, os fiéis permanecem ajoelhados até o momento da aclamação anamnética, quando o celebrante diz: “Eis o mistério da fé”. Dependendo da oração eucarística utilizada, em resposta a assembleia enuncia: “Anunciamos, Senhor, a vossa morte, e proclamamos a vossa Ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!” ou “Todas as vezes que comemos deste pão e bebemos deste cálice, anunciamos, Senhor, a vossa morte, enquanto esperamos a vossa vinda!”. É neste momento que as pessoas podem se levantar. Segundo a Instrução Geral do Missal Romano, também é possível permanecer de joelhos desde o final do “Santo” até a conclusão da Oração Eucarística, levantando-se antes do Pai-Nosso. (fonte: https://tardecommaria.com.br/)

 

Para ficar por dentro das últimas notícias, eventos e atualizações da nossa catedral, siga-nos em nossas redes sociais. Vamos crescer juntos em fé e comunidade.

  • Fone: (49)35221294 
  • Facebook: Catedral de Joaçaba 
  • Instagram: @catedraldejoaçaba |
  • Site: https://catedraldejoacaba.org.br/
  • Email: [email protected]

Esperamos vê-los online!

Campanha
Reforma da Catedral